Encher o tanque até a boca é certo ou errado?

É correto ou errado abastecer e encher o tanque até a boca de combustível? Saiba o que acontece quando se enche o tanque até a boca. E o que é cânister.

É comum muitos motoristas chegarem aos postos de gasolina ou postos de combustível (melhor assim 😉 ) e falar para o frentista, enche o tanque, por favor.

O frentista começa o abastecimento, a bomba de combustível começa a “rodar os números” até o momento em que se escuta um barulhinho e o abastecimento é interrompido automaticamente, porém geralmente para arredondar o valor a ser pago, o frentista ainda continua abastecendo o veículo.

Mas, você pode perguntar e qual o problema de fazer isso? Já que eu quero é encher o tanque do meu carro?

Vamos lá, o CarroMotors te dá um dica importantíssima!

Ao completar o tanque de combustível do seu carro acima da capacidade máxima prevista pelo manual do veículo, o cânister poderá ser danificado.

Encher o tanque até a boca, pode danificar cânister e o seu carro

Encher o tanque até a boca, pode danificar o carro

O que é Cânister?

Vamos explicar para você o que faz essa peça para que você entenda por completo a matéria.

Cânister é uma pequena peça localizada entre o tanque de combustível e a admissão do motor que tem como função básica à separação de determinadas substâncias, seja ela em forma gasosa, líquida ou sólida, ou seja, o cânister funciona como um filtro fazendo o papel de reduzir um pouco os gases que são emitidos pelos veículos na atmosfera terrestre.

Entendi o que é o Cânister. E por que encher o tanque até a boca é errado?

Quando o tanque é abastecido, além do que o manual do veículo indica, ou seja, encher o tanque até a boca (a barra foi forçada), o cânister fica inundado de combustível, perdendo sua capacidade principal que é a de filtragem de algumas substâncias e a partir deste momento o combustível pode fazer com que os carvões dessa pequena peça se desprendam danificando outros itens do carro.

A grande maioria dos manuais do proprietário informa a capacidade máxima em que o tanque do veículo pode ser abastecido. Geralmente, esse limite máximo de abastecimento gira em torno de 10% inferior a capacidade máxima real do tanque de combustível.

Então fica a dica. Percebeu que a bomba travou, nada de deixar o frentista arredondar a sua conta, ou seja, nada de deixá-lo encher o tanque até a boca. Pois, isso pode sair caro para você em futuro muito breve.

12 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *