De Volta para o Futuro: o que deu certo em 2015 + Bônus

De Volta para o Futuro 2, chegou a data tão esperada de 21 de outubro de 2015. Quais previsões estão corretas, erradas, quase lá e mais bônus.

De Volta para o Futuro 2, chegou a data tão esperada de 21 de outubro de 2015. Quais previsões estão corretas, quase lá e mais bônus.

De Volta para o Futuro, previsões para 2015, o futuro é agora 21/10/2015

Filme De Volta para o Futuro: o futuro chegou. Chegamos a 21/10/2015, exatamente a data em que Dr. Emmett Lathrop Brown, Marty McFly e Jeneffer Parker, chegam a bordo do carro DeLorean, que é uma máquina do tempo viajam para o futuro, mais precisamente na data de hoje, conforme mencionamos.

De Volta para o Futuro 2 - O Relógio do DeLorean marca a data de 21 de outubro de 2015

De Volta para o Futuro 2 – O Relógio do DeLorean marca a data de 21 de outubro de 2015

A data de 21 de Outubro de 2015 para qual Marty McFly viaja para o futuro, acontece no segundo filme da trilogia “De Volta Para O Futuro”, nome em inglês Back to the Future.

Neste a artigo, veremos algumas previsões feitas no filme De Volta para o Futuro, que realmente deram certo e aquelas que ainda estão a ser realizar, quem sabe um dia.

Doutor Brown, com certeza exclamaria ao falar com Marty, a seguinte frase: “Alguma coisa interferiu com o fluxo dos eventos no espaço-tempo, Marty!“. Confira, há acertos e erros nas previsões, mas no geral, eles mandaram muito bem, a produção não esteve tão longe do que seria realidade, e nem tudo parece não ter acontecido, parecem impossíveis de acontecer.

De Volta para o Futuro 2: acertos do filme, o que deu certo (ou quase) em 2015

Há 30 anos atrás, era difícil prever o futuro, mas o pessoal do filme De Volta para o Futuro mandaram muito bem, na nossa opinião. E qual é a sua opinião para as previsões realizadas há décadas atrás? Comente no final da matéria. 😉

Pagamentos em táxi (ou Uber) com dispositivos móveis

De Volta para o Futuro 2: o pagamento da corrida de Táxi ou Uber no filme é realizada usando um dispositivo móvel

De Volta para o Futuro 2: o pagamento da corrida de Táxi ou Uber no filme é realizada usando um dispositivo móvel

Em uma das cenas De Volta para o Futuro, um taxista é chamado para fazer uma corrida (taxista ou um motorista “ilegal’ como alguns dizem que são aqueles que usam o Uber) e o pagamento é realizado utilizando um dispositivo móvel.

Hoje, em 2015 (tecnologia já antiga, talvez 2010) realizam pagamentos dessa forma, utilizando diversos tipos de sistemas como iOS e Android, onde toda a transação é ali realizada na hora, sem dinheiro ou cartões físicos, algo muito mais seguro.

Os Drones são uma realidade em nosso meio

Hoje os drones já são uma realidade. Eles apareceram em De Volta Para o Futuro, quando dois personagens são presos por vandalismo e durante a prisão, um veículo não tripulado com microfone e câmera de captura, estamparia na manhã seguinte nos jornais, imagens dos baderneiros e seus respectivos depoimentos.

Assim como o filme previa em 2015, os drones estão presente filmando, tirando fotos e gravando o áudio

Assim como o filme previa em 2015, os drones estão presente filmando, tirando fotos e gravando o áudio

O drone futurista do USA Today que aparece no filme, já são utilizados por algumas emissoras no mundo, para captura de cenas diárias, tendo em vista serem mais baratos do que utilizar um helicóptero para estes fins.

Fusca ainda circulam por nossas ruas                             

No filme, quando Marty está atravessando na faixa de pedestres e é quase atropelado por um carro, podemos notar que ao fundo há um Fusca vermelho estacionado na rua.

Quem diria, o filme acertou mais esta! Olhe ao fundo da imagem, há um Fusca! E você que apostava que eles sumiriam do mundo

Quem diria, o filme acertou mais esta! Olhe ao fundo da imagem, há um Fusca! E você que apostava que eles sumiriam do mundo

Verdade, o velho besouro, que teve sua produção iniciada em 1938 na Europa, ainda faz parte do mundo real em 2015. Não é difícil encontrar um Fusca andando por aí, totalmente inteiro e bonito. Ah, se você não acredita ou não lembra ter visto algum por aí recentemente e não quer forçar a memória para tentar lembrar, dê uma olhada em nossa seção de Fotos de Carro Antigos, temos diversos imagens de Fusca em 2015. 🙂

Videoconferência já faz parte da nossa vida

Em uma das cenas do filme De Volta para o Futuro, Marty recebe uma ligação de Needles pela própria TV em sua casa. Na cena, Marty, recebe de seu supervisor no trabalho, a mensagem de sua demissão. Ainda há o envio de um bilhete por Fax, tecnologia apesar de praticamente não ser utilizada mais, há ainda algumas pessoas (principalmente de mais idade) e algumas empresas que ainda usam esse meio de comunicação.

Videoconferência é algo tão comum hoje no mundo corporativo, quanto nos lares com Skype ou na palma da mão com um smartphone

Videoconferência é algo tão comum hoje no mundo corporativo, quanto nos lares com Skype ou na palma da mão com um smartphone

Em grandes empresas é comum a utilização de chamadas de vídeo conferência para realização de reunião a distância como exibido no filme. Porém, a realidade também já está nas casas das pessoas, basta ter instalado na sua SmarTV, o conhecido Skype, onde é possível realizar ligações de voz sobre IP e videoconferências.

Apesar do filme falar muito em Fax, apesar de não ser utilizado mais utilizado massivamente como previa o filme, a tecnologia segue viva ainda

Apesar do filme falar muito em Fax e o mesmo não ser mais utilizado massivamente como previa o filme, a tecnologia segue viva ainda

TV Plana pendurada na parede

A grande maioria das pessoas que assistiram De Volta para o Futuro 2 em casa pela primeira vez, logo depois do lançamento nos cinemas, provavelmente utilizou uma TV de Tubo CRT para tal feito.

De Volta para o Futuro 2 previa que em nosso lares teríamos um TV enorme em nossas paredes

De Volta para o Futuro 2 previa que em nosso lares teríamos um TV enorme em nossas paredes

Em uma das cenas do filme, Marty está na frente de uma TV de tela plana com enormes dimensões como as atuais, com proporção Widescreen, comando de voz e com diversos canais a sua escolha. Foi bem acertada no filme está previsão, pois além de TV com grande dimensões, a humanidade experimenta depois de três décadas, o consumo de informação de uma forma bem voraz, pois Marty no filme escolhe diversos canais ao mesmo tempo.

Hoje em 2015, é possível escolher diversos canais em nossa TV, apesar de que o conceito de TV estar se tornando anacrônico, mas hoje as pessoas estão com a TV ligada, acessam na própria TV o Youtube, fala no Skype, ao mesmo tempo que estão no tablet ou no celular, acessando à internet, com um navegador com várias abas abertas ao mesmo tempo, enquanto lê esta matéria aqui no CarroMotors.com.br 🙂

Óculos Inteligentes

No filme Marty utiliza um óculos, ou seja, veste um Gadgets para assistir TV, além de fazer e atender ligações. No filme, o óculos inteligente é da marca JVC, que na época era uma marca com uma enorme força no mercado e que hoje já não é forte.

Os Gadgets fazem parte das nossas vidas em 2015 e o óculos Google Glass é um desses objetos

Os Gadgets fazem parte das nossas vidas em 2015 e o óculos Google Glass é um desses objetos

Hoje, os óculos existem e os maiores nomes da indústria são: a Microsoft com o Hololens, o Oculus Rift do Facebook e o Google, com o Google Glass.

Tá curtindo a matéria? quer receber matérias como esta?
Digite seu e-mail no campo abaixo.

Entregue pelo Google FeedBurner

O Google Glass é um acessório, alguns preferem chamar de Gadgets, que é um óculos que possibilita a interação dos usuários com diversos conteúdos de realidade aumentada. Com o óculos inteligente é possível por meio de comandos de voz, tirar fotos, realizar videoconferência e enviar mensagens de instantâneas.

Identificação Biométrica

No filme notamos que as portas são controladas por computador, utilizando a tecnologia de biometria.

Muitos aqui já experimentaram o uso da tecnologia de biometria, em bancos, smartphones e outros sistemas

Muitos aqui já experimentaram o uso da tecnologia de biometria, em bancos, smartphones e outros sistemas

A tecnologia de biometria já está presente entre nós. Muitos computadores utilizam para logar a tecnologia de biometria, assim como caixa eletrônicos em bancos, alguns lugares no Brasil já utilizam a tecnologia em urnas eletrônicas, casas com fechaduras onde ela fecha ou abre apenas com a digital, além de diversas outras aplicações espalhadas pelo mundo.

Videogames com sensores de movimentos

No filme De Volta para o Futuro em uma das cenas, Marty McFly entre no Café 80’s, uma lanchonete temática, vai até o fliperama e demonstra para dois garotos como se joga um videogame dos anos 80.

Sensores de Movimento em videogames, preciso falar algo à respeito?

Sensores de Movimento em videogames, preciso falar algo à respeito?

Na cena, Marty se perde completamente, quando escuta dos garotos algo como: “Você precisa usar as mãos? Esse jogo é para bebês!“.

Já há alguns anos, videogames que possuem jogos onde não é necessário um joystick, ou seja, um controle, já são realidade. Basta olharmos para o XBox e seu periférico Kinect que está presente no mercado há uns 5 anos e não necessita de controle para ler os movimentos executados pelo jogador.

Mídia física é lixo: CD, DVD, etc.

Quem ainda compra CD, DVD? Bom, ainda compramos, mas muita pouco. As vendas da mídia física estão cada vez menores, aliás até as locadoras estão praticamente extintas (ao menos nos grandes centros).

A mídia física, como CD, DVD, etc., já é uma tecnologia pouco usada

A mídia física, como CD, DVD, etc., já é uma tecnologia pouco usada

Não vamos ser cruéis, muitos ainda compram as mídias para colecionar (pois, tem filme, por exemplo, que traz algum conteúdo extra) ou tem aqueles ainda não tem uma internet de banda larga decente, que rode conteúdo Full HD.

Telefones Públicos ainda estão nas ruas, apesar de tudo

De Volta para o Futuro 2 e os telefones públicos: sim, apesar de não ser muito utilizado, os chamados "orelhões" ainda são encontrados por aí

De Volta para o Futuro 2 e os telefones públicos: sim, apesar de não ser muito utilizado, os chamados “orelhões” ainda são encontrados por aí

Nota-se no filme a presença de telefones públicos da AT&T nas ruas.

Apesar da evolução que tivemos durante estes últimos anos, onde a tecnologia muda a cada instante, com popularização dos telefones celulares, onde pode-se fazer ligação andando na rua e claro, a chegada de comunicadores instantâneos aos celulares, como WhatsApp, Viber, ICQ entre outros, onde se popularizou o uso desses aplicativos, que hoje também realizam ligações, os telefones públicos continuam vivos em diversas cidades pelo mundo.

O jornais impressos ainda existem

Como no filme, o jornal USA Today de Hill Valley e diversos outros jornais impressos ainda resistem bravamente.

Cada vez mais consumimos mais informações em tempo real e não dá para esperar o jornal de amanhã, mas eles continuam vivos em 2015

Cada vez mais consumimos mais informações em tempo real e não dá para esperar o jornal de amanhã, mas eles continuam vivos em 2015

Com o consumo voraz de informação pela população por meio da internet, muitos diziam que o jornal impresso sumiria do mapa, porém eles ainda continuam vivos. Claro, para grande parte da população eles praticamente não existem, nem lembram quando leram pela última vez um jornal impresso, mas para uma pequena parcela da população eles ainda são muito úteis.

O Mundo 3D está no nosso meio

McFly vê em frente ao cinema, a chamada do filme Tubarão 19, de Max Spielberg, onde o Tubarão do filme sai do outdoor e praticamente engole Marty McFly. Realmente, um outdoor com um tubarão em 3D nos atacando é cena mais emocionante do que temos em 2015, mas a tecnologia já é realidade em nosso meio.

Ainda não temos outdoors em 3D, mas é só os anunciantes querem, mas a tecnologia já domina os cinemas

Ainda não temos outdoors em 3D, mas é só os anunciantes querem, mas a tecnologia já domina os cinemas

Em 2015, vários filmes já saem com a opção de assisti-los em 3D, principalmente em produção com alto potencial de bilheteria. O único porém é que ainda não temos as propagandas holográficas.

Já vimos diversas cenas no mundo com o uso de um holograma. Foi assim, no prêmio Billboard Music Awars, em 2014, onde para surpresa de todos tivemos a presença de Michael Jackson em holograma, apesar do Rei do Pop ter falecido em 2009. Ainda não vimos cartaz holográfico como no filme, mas se alguém aí já viu, favor nos deixar nos comentários, pois pessoas, produtos, reprodução de cenas, animações entre outras finalidades já foram foram vistas pelo mundo.

Comando de Voz

No filme tínhamos um forno futurista que aceitava comandos de voz, tecnologia que hoje é muito comum de ser encontrada onde você estiver.

Ok Google Now! Quem nunca deu comando de voz para seu smartphone ou outro dispositivo com esse recurso? Você ainda não? Olá, estamos em 2015! Fale com seu smartphone Android!

Ok Google Now! Quem nunca deu comando de voz para seu smartphone ou outro dispositivo com esse recurso? Você ainda não? Olá, estamos em 2015! Fale com seu smartphone Android!

O Google, uma empresa que nem existia na época dos filmes De Volta para o Futuro, lançou há algum tempo para Android e para um computador conectado ao Google.com, a funcionalidade de comando de voz.

Hoje, o comando de voz está presente em diversos dispositivos, em carros, no celular, no computador, na SmarTV e em uma infinidade de equipamentos.

Skate Voador

O skate já não é tão popular como na década de 80. Uma das cenas mais famosas De Volta para o Futuro é a cena do Skate voador, ideia que em 2015 não parece tão absurda.

A Lexus já lançou um skate voador, mas necessita de uma pista de trilhos de metal no chão para assim conseguir levitar

A Lexus já lançou um skate voador, mas necessita de uma pista de trilhos de metal no chão para assim conseguir levitar

Claro, não vemos as pessoas andando de skate voador por aí, mas saiba que em agosto de 2015, a Lexus, mostrou para o mundo um skate voador ou hoverboard. Vale lembrar, que para voar, o skate da Lexus necessita de uma pista de trilhos de metal no chão para assim conseguir levitar.

O skatista Tony Hawk, também foi filmado quando testava um outro skate voador, da concorrente Hendo, baseada em uma tecnologia magnética muito parecida com a usada pela Lexus.

Câmeras Compactas

O Doutor usa no filme uma câmera fotográfica super compacta, muita fina para a década de 80, mas muito atual para 2015, ao menos na forma compacta, pois hoje dificilmente utilizamos uma câmera dedicada e sim, um telefone celular bem fino para tirar fotos.

Em 2015, quantas vezes você usou seu pequeno dispositivo, o smartphone para fotografar?

Em 2015, quantas vezes você usou seu pequeno dispositivo, o smartphone para fotografar?

As câmeras compactas vêm ano a ano perdendo espaço, pois o telefones celulares atuais, ou como muitos preferem dizer, os smartphones, vem tomando o mercado com desempenho muito parecido para tirar fotografias e muitas vezes superiores as câmeras comuns.

Bônus De Volta Para o Futuro: para você que nos lê

“Alguma coisa interferiu com o fluxo dos eventos no espaço-tempo, Marty!”

Bônus 1: Carros voadores

Estamos em 2015 e ainda não temos um carro voador no mercado, como os apresentados em De Volta para o Futuro.

O carro autônomo do Google que anda sem motorista em testes na cidade de Mountain View, Estados Unidos.

O carro autônomo do Google que anda sem motorista em testes na cidade de Mountain View, Estados Unidos.

Não há carros voadores em 2015. O que temos em nossa era, que estão mais próximos de se tornarem realidade para o consumidor final, são os carros autônomos, carros que andam sozinhos, que você pode conferir em nossa matéria: Carro autônomo do Google avança em testes.

Bônus 2: Máquina do tempo

Segundo Einstein e toda a física até hoje, dizem que não é possível voltar no tempo.

O DeLorean existe, conforme podemos ver aqui no Blog Revista CarroMotors nas matérias: DeLorean de “De Volta para o Futuro” no Brasil e DeLorean do filme De Volta para o Futuro está no Salão do Automóvel, mas nada de o carro acelerar ao máximo e viajar pelo tempo. Ah não ser que, exista um projeto nunca revelado. 😉

Bônus 3: Carros movidos a lixo doméstico

No filme, o DeLorean era abastecido com lixo, ou seja, o lixo era o combustível que fazia o veículo se locomover. Em 2015, ainda estamos longe de substituir os tradicionais combustíveis, como a gasolina, etanol, diesel…

DeLorean com as suas portas "Asa de Gaivota".

DeLorean com as suas portas “Asa de Gaivota”.

Ainda alguns podem dizer que hoje é possível abastecer um carro com derivados compostos como o biogás, que pode ser formado pela decomposição do lixo sem a presença de oxigênio, porém isso ainda não é tão comum como no filme. O aterramento do lixo leva à produção de biogás, produto resultante do processo de digestão anaeróbia da matéria orgânica pela ação de bactérias.

Aproveitando a onda, do filme De Volta para o Futuro 2, a Toyota está lançando hoje, 21 de outubro de 2015, o carro Mirai que utiliza o hidrogênio, que poderia ser proveniente de lixo coletado por usinas.

É através da mistura do hidrogênio com o oxigênio, que o Toyota Mirai é movimentado, resultado da eletricidade produzida pela combinação.

Conclusão

Bom, esse assunto de carros voadores, carros movidos a combustível que não sejam os que estão na maioria dos carros atuais, entre outros, daria uma matéria e tanto, claro, geraria também diversas discussões e assinamos em baixo, pois combustíveis alternativos, que não gerem lucros para grandes empresas, só tornaram realidade quando eles bem entenderem.

Para os fãs da Trilogia de De Volta para o Futuro, bem que deveriam lançar a versão 4 do filme. Depois desta postagem, deu vontade de pegar todos os DVDs e assisti-la (apesar de a mídia física estar em desuso em 2015, conforme previa o filme, eu não vou jogar a trilogia fora, rs).

Não, acho melhor mesmo, é deixar a mídia física lá guardadinha, ligar minha TV, que serve para tudo menos para eu assistir canais de TV atualmente e rever os três filmes da Trilogia De Volta para o Futuro, no Netflix 😉

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *