Batida de carro, motorista enfurecido bate em carro do vizinho

Batida de carro em condomínio de Goiás. Um motorista chega para estacionar o seu carro na sua vaga de garagem. Porém, ele tem dificuldades para estacionar o veículo, uma vez que, seu carro é uma S10, um carro grande e para piorar a situação, o carro do vizinho, um Hyundai Azera, ocupava um pedaço de sua vaga.

Batida de carro - motorista enfurecido bate em carro de vizinho.

Batida de carro – motorista enfurecido bate em carro de vizinho.

Uma batida de carro, de um vizinho enfurecido

O problema foi que o motorista perdeu a paciência, tentou parar e estava muito apertada a vaga. Em um certo momento o motorista para o seu carro fora da vaga, desce para ver de perto a vaga “apertada”, retorna para a cabine da S10, engata uma marcha ré, acelera e prensa o carro do vizinho contra a coluna de concreto.

Depois de “ganhar” o espaço necessário para parar, após a batida de carro, o motorista enfurecido, manobra a S10 e para o veículo em sua vaga com folga. Sai do carro, dá uma leve conferida no carro grudado na coluna de concreto e tranquilamente segue, possivelmente para seu apartamento.

A situação descreve bem o que vivemos hoje, vagas de estacionamento cada vez mais reduzidas, pessoas que não estacionam o carro corretamente em sua vaga sem se importar com o próximo, motoristas com tolerância zero, dispostos a fazer qualquer coisa enfurecidos por algum ato, outros que mesmo sabendo que há uma garagem com saída de veículos, insistem em estacionar o carro, etc, etc…

Segundo o que apurou o Site G1, o proprietário do carro amassado descobriu o que tinha acontecido somente depois, porque ele havia viajado na ocasião. A batida dos carros foi toda filmada pelo circuito de câmeras internas do condomínio.

Em entrevista concedida, o dono do carro que ficou prensado na coluna, após a batida, declarou que pretende se mudar do condomínio, além de dizer que não há nenhuma justificativa para uma atitude dessa.

O vizinho que causou a batida dos carros já se mudou do local, segundo a administração do condomínio. A vítima foi até polícia, deu queixa e entrou com uma ação na justiça contra o motorista que causou o acidente.

As brigas por vagas de garagem, estão entre os três assuntos que mais causam divergências em condomínios.

O que você achou da situação? Comente logo abaixo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *